Como ter uma visão “Simples e abrangente para gestão” de toda a empresa?

Fazer a gestão de uma empresa é uma tarefa complexa e trabalhosa. Por isso é importante buscar metodologias que facilitem essa gestão.

A maneira mais assertiva de ter sucesso na gestão é implementando uma metodologia que seja fácil de se guiar, e consequentemente, a qual você consiga aprimorar os processos da empresa para conquistar seus objetivos finais.

Uma das metodologias mais indicadas para uma visão ampla de sua gestão é o Balanced Scorecard.

O balanced scorecard é um dos termos que os gestores, gerentes e líderes de uma empresa precisam conhecer a fundo o quanto antes.

Afinal, as empresas modernas e que visam bons resultados a longo prazo, já fazem uso desse tipo de administração estratégica.
Há alguns anos atrás, para verificar o sucesso de um negócio, eram levados em consideração apenas 2 fatores:

  • Dados contábeis;
  • Indicadores financeiros (lucros, prejuízos, etc…).

Contudo, o mundo mudou e para uma empresa ser bem sucedida, é imprescindível se adaptar aos novos tempos.

Portanto, atualmente é necessária uma gestão estratégica mais extensiva. Nesse sentido, surge o balanced scorecard para oferecer todas as diretrizes que uma companhia precisa para mensurar seus resultados.

Deseja saber mais sobre o tema? Confira nosso post na íntegra e domine o assunto de uma vez por todas!

O que é Balanced Scorecard

Primeiramente, saiba que balanced scorecard é um termo em inglês que também é nomeado pela sigla BSC. Podemos traduzir esse conceito como “Indicadores Balanceados de Desempenho”.

De antemão, saiba que tais indicadores não verificam o sucesso de uma empresa apenas pela ótica contábil. Desse modo, ele consiste em um planejamento mais amplo e versátil.

Assim, ele ajuda uma companhia a traçar metas, prazos e estratégias em outras frentes, como:

  • Área financeira;
  • Bem como, pela perspectiva de clientes; Em citação em formato checklist, salvo engano, “BEM COMO” não se encaixa…
  • Crescimento e aprendizado dos colaboradores.

Assim, esse conceito foi criado por Robert Kaplan e David Norton na década de 90. Eles estudavam na escola de negócios da Universidade de Harvard. Nesse sentido, você viu como essa metodologia pode modificar todos os planos da sua empresa?

Além de ser mais abrangente, ele te dá a possibilidade de ver cada ponto relevante da companhia detalhadamente.

Como aplicar o Balanced Scorecard na prática?

Conforme vimos acima, o balanced scorecard te oferece novas perspectivas para avaliação do seu negócio. Além disso, é com essa metodologia estratégica que você conseguirá traçar metas mais assertivas e realistas.

Desse modo, veja abaixo quais dados e métricas você deve avaliar na sua empresa.! Confira!

1 – Finanças

Não devemos levar em consideração apenas dados financeiros para verificar o sucesso de um empreendimento. Entretanto, o sistema contábil de uma companhia sempre mostra se ela dá lucro ou prejuízo, não é mesmo?

Porém, nada de só focar no livro de contas da empresa! É necessário observar outras métricas relevantes, tais como:

  • LTV ou Lifetime Value;
  • ROI ou Return on Investment (Retorno sobre Investimento);
  • CAC ou Custo de Aquisição de Clientes;
  • Ticket Médio;
  • Dentre outros fatores.

2 – Processos internos

Sob o mesmo ponto de vista, a qualidade interna de uma empresa é a chave para melhores resultados. Afinal, profissionais competentes, felizes e satisfeitos rendem mais e “vestem” a camisa da companhia.

Nesse sentido, os indicadores abaixo sempre precisam estar altos:

  • Compliance e Políticas Internas respeitadas;
  • Produtividade e desempenho;
  • Qualidade do pós-venda;
  • Busca por inovação e implementação de tecnologias.

3 – Clientes

Além disso, a relação com os clientes deve ser a mais positiva possível. Vale ressaltar que atualmente, é preciso também se preocupar muito com a imagem da empresa nas redes sociais e mídias digitais.

Desse modo, lembre-se: todos os seus clientes ou potenciais consumidores estão na internet! Portanto, avalie os clientes sob as seguintes perspectivas:

  • Aquisição de novos clientes;
  • Retenção e fidelização de clientes;
  • Verificação de atendimentos no pós-venda.

4 – Crescimento e aprendizado dos colaboradores

Ademais, para uma empresa progredir, crescer e inovar ela precisa de ótimos colaboradores. Para isso, não basta contratar os melhores do mercado. É preciso investir nesses profissionais e mantê-los motivados e com conhecimentos aguçados.

Nesse sentido, para o seu balanced scorecard ter métricas altas na perspectiva de funcionários, é necessário investir em:

  • Um bom ambiente de trabalho;
  • Promoções e valorização de funcionários modelo;
  • Treinamentos, cursos e capacitações aos colaboradores.

Desse modo, os funcionários se sentirão motivados e valorizados na empresa. Salientamos que é primordial que os colaboradores gostem do local onde trabalham.

Só assim a empresa consegue obter resultados satisfatórios, acima da média e até mesmo surpreendentes.

Benefícios X malefícios dessa metodologia ágil

O balanced scorecard é um conceito que está completando cerca de 30 anos. Todavia, ainda é desconhecido e negligenciado por muitas empresas.

Portanto, para que a sua companhia não seja uma delas, anotamos os benefícios dessa metodologia. Veja abaixo as vantagens que esses indicadores vão trazer para a sua companhia!

Na perspectiva de finanças

  • Você consegue entender com clareza tudo o que se ganha X o que se gasta na companhia;
  • Bem como, é possível assimilar o quanto você gasta para “obter” cada cliente;
  • Ademais, você pode mensurar em quanto tempo você obtém retornos de investimentos.

Sob a ótica de processos internos

Com uma estratégia de balanced scorecard estruturada você e sua equipe podem ver com clareza:

  • Se as políticas internas são respeitadas por todos;
  • Verificar quais colaboradores não seguem as diretrizes e normas básicas da empresa;
  • Além disso, é possível entender qual ou quais setores são mais problemáticos ou precisam de nova gestão.

Para os clientes

Além disso, os seus clientes também saem ganhando quando você possui boas métricas para mensuração. Afinal, você consegue:

  • Deixar a equipe de atendimento com leads qualificados;
  • Manter um relacionamento positivo, sem “enrolação” e bem visto pelo cliente;
  • Bem como, a equipe de pós-venda sempre consegue resolver os problemas dos clientes. Isso garante fidelização e indicação para novos clientes, ou seja, é uma espécie de publicidade gratuita!

Por fim, para os colaboradores

Não podemos deixar de ressaltar que a implementação de balanced scorecard garante melhor performance dos colaboradores. Afinal, eles serão motivados, treinados e capacitados continuamente.

Em resumo, essa metodologia só tem benefícios e nenhuma desvantagem. Portanto, se você achou que citaríamos malefícios dessa estratégia, saiba que não identificamos nada de relevante que possa ser visto como altamente prejudicial para a sua empresa.

Como desenvolver uma planilha de Balanced Scorecard? Veja um exemplo!

Para desenvolver iniciativas estratégicas e novas metodologias, é necessário estudar sobre o tema. Ademais, ter uma planilha é ideal para você conseguir se situar melhor.

Desse modo, vamos te ensinar a fazer uma planilha para o balanced scorecard da sua companhia. Veja!

Primeiramente, esse material pode ser aproveitado para empresas de todos os tamanhos, portes e número de funcionários. Nesse sentido, não tenha medo de começar! Aprenda e aprimore a planilha com o passar do tempo.

Tenha 04 abas distintas principais. Nelas, você colocará as perspectivas principais dessa metodologia que ensinamos hoje. Ou seja:

FinançasProcessos InternosClientesAprendizagem

 

Posteriormente, cada um desses tópicos deverá ter subtópicos com:

  • Metas;
  • Objetivos;
  • Ações necessárias para conquistar as metas;
  • Viabilidade das ações (como fazer cada ação);
  • Indicadores para avaliação das métricas.

Veja um exemplo para você se basear na sua empresa:

Finanças

  • Aumentar a receita bruta da empresa;
  • Gerar maior lucratividade;
  • Reduzir gastos com processos internos;
  • Garantir menor CAC (Custo de Aquisição de Clientes).

Processos Internos

  • Melhorar o diálogo entre os departamentos;
  • Ter softwares que facilitam o registro e conferência de dados;
  • Aumentar a produtividade dos funcionários;
  • Garantir melhor performance da equipe de vendas.

Clientes

  • Aumentar o número de leads qualificados;
  • Reduzir o tempo de espera do cliente em ligações e atendimentos online (chat e redes sociais);
  • Entregar os produtos com o menor tempo de entrega possível;
  • Conquistar novos clientes (aumentar a atuação no Marketing Digital e nas redes sociais);
  • Além disso, é uma ótima iniciativa atuar em novas áreas de vendas. Ou seja, conquistar novos nichos para ter novos clientes.

Aprendizagem

  • Qualificar seus funcionários para atender cada vez melhor os clientes;
  • Investir em novas tecnologias e dispositivos modernos;
  • Incentivar os colaboradores a ajudar na implementação do balanced scorecard;
  • Permitir que todos tenham voz e oportunidades de crescimento na companhia.

Viu como o balanced scorecard pode mudar a realidade da sua empresa? Gostou desse tipo de conteúdo? Assine a nossa newsletter para recebê-lo na sua caixa de e-mails em primeira mão!

 

Sistema de gestão de prospectos simples

Compartilhe esse artigo com seu time de vendas!

Compartilhar com time de vendas